Encontro Guardiões Compliance

Os Guardiões do Compliance se reuniram em um encontro voltado para a disseminação da cultura de prevenção e orientação. O evento promovido no último dia 7, no auditório do Espaço de Negócios, integra as atividades do programa ‘Nossa Atitude Compliance’ e teve como objetivo reafirmar os processos operacionais, apresentar os resultados da atuação da área, além de treiná-los e atualizá-los sobre as alterações de alguns procedimentos, além de estreitar o relacionamento com as agências, que serão o foco de trabalho no neste segundo semestre.

A ação promovida pela área de Compliance, contou com a participação dos colaboradores selecionados das agências, denominados como ‘Guardiões da Atitude Compliance’, que têm como função a atuação como facilitadores dos assuntos de Compliance e disseminadores do programa nos locais de trabalho, a fim de assegurar a totalidade da execução dos procedimentos de Compliance, em conformidade com as diretrizes e normas da cooperativa.

O evento teve a finalidade de reforçar os combinados de atuação da figura do Guardião como um representante direto do Compliance nas agências, estreitamento e fortalecimento desta relação nas agências.

Durante o encontro, Cristiano Celso, diretor de Controles Internos e Riscos, reforçou a importância do trabalho em conjunto com as áreas, a fim de garantir o aprimoramento dos processos.

“Acredito que todos podem contribuir com o processo, fazer uma análise mais minuciosa, ter um olhar mais criterioso e indicar quais frentes e procedimentos podem ser melhorados. Os guardiões não foram escolhidos ao acaso, por estarem na linha de frente, conseguem ter uma percepção mais apurada do operacional e, desta forma, nos ajudar a desenvolver métodos mais apurados e adequados às necessidades das áreas”, ressaltou o diretor.

Para a gerente de Compliance, Fernanda Loures Martins, esses encontros são importantes para reforçar a importância do papel de cada um para o cumprimento dos processos em conformidade com as normas.

“Para nós esse encontro é fundamental para evidenciar a responsabilidade e a importância do Compliance na Cocre, que atua no sentido de resguardar a imagem e reputação da cooperativa. Além disso, queremos que as políticas de prevenção e análise dos riscos sejam absorvidas e praticadas pela empresa de forma natural, vistas como oportunidades e não como medidas punitivas”, explicou a gerente.

Com uma renovação de estratégia do período anterior, em que as tratativas do Compliance foram voltadas ao contexto geral, esse segundo semestre o plano será com o foco de trabalho de fortalecimento da cultura de prevenção nas agências: “na dúvida, não faça, consulte a área”.

“Elaboramos um plano de ação em que reforçamos o trabalho com a linha de frente da cooperativa, com os empregados que estão no dia a dia em contato com o público e, que de alguma forma, são a vitrine da Cocre, por isso, a abordagem será voltada especialmente, para o desenvolvimento da análise dos possíveis impactos provenientes da exposição ao risco. Acreditamos que é uma forma de disseminarmos a mensagem de que os procedimentos têm que ser realizados de forma ética e responsável, abolindo os famosos “jeitinhos”, incutindo o pensamento de que independente da situação o certo é certo e o errado é errado”, concluiu Fernanda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *