Folia tranquila e com segurança financeira

Após dois anos de pausa, uma das principais festas do país está de volta: o Carnaval. Nos últimos dias, uma concentração de foliões está reunida em salões, em bloquinhos de rua ou na avenida celebrando esse acontecimento. Ainda há também os que prefiram se afastar das multidões e aproveitar o momento para fazer atividades mais reclusas para relaxar, como viagens em família, por exemplo.

Independente da escolha, sempre é bom reforçar a importância a estar atento aos eventuais golpes financeiros, que possam ocorrer neste período.

Muitas vezes a compra de uma simples cervejinha ou fazer aquela selfie caprichada com os amigos, podem se tornar um transtorno com consequências ruins a curto e longo prazo.

Segundo a Federação Brasileira de Bancos – Febraban, grande parte dos golpes são facilitados pela aglomeração de pessoas e a distração do folião, fatos que facilitam a atuação dos golpistas.

Confira os principais golpes aplicados e saiba como se proteger:

Máquina com o visor quebrado: muitas vezes o equipamento aparenta estar com o visor danificado para a pessoa não veja o valor que foi inserido. Para evitar sustos, sempre peça para conferir o valor antes de concluir o processo de compras e solicite o comprovante.
Problema no cartão por aproximação: esse golpe é relativamente novo, mas os transtornos são velhos conhecidos. O golpista explica para a vítima que a função de aproximação está com problemas e pede para ser inserido o cartão na máquina e digitar a senha. Durante esse processo os dados de transação são roubados, incluindo o número do cartão e após isso, passa, a ser utilizados em transações-fantasmas. Para evitar essa prática, se ocorrer qualquer mensagem de erro e for solicitada a inserção do cartão, não efetue a compra. Uma alternativa é desabilitar a função de aproximação temporariamente ou limitar o valor de saques e transações diárias. Cooperado Cocre pode fazer essas alterações, diretamente pelo Aplicativo Sicoob.

Troca de cartões: os falsos vendedores se aproveitam das aglomerações para observar a senha digitada pelo comprador e ao menor sinal de distração, troca o cartão ao devolver. Para esses casos, o ideal é nunca deixar o vendedor pegar o seu cartão ou sair apenas com o cartão de crédito (sem a função de débito), pois muitos têm a função de proteção contra furtos e fraudes.

Furto de celular: esse é o campeão de furtos neste período. Para esse caso, o ideal é desinstalar temporariamente os aplicativos de bancos ou colocar senhas temporárias.

PIX ou QR Code com valores errados: o método “queridinho” de pagamento do momento, justamente por sua facilidade, também é um dos mais aplicados atualmente. Nesta prática, o código escaneado pode estar com um valor diferente da venda, com isso o comprador sai no prejuízo. Para esse caso, o ideal é andar com pequenas quantias físicas dentro de bolsas que ficam amarradas junto ao corpo.

Pagamento por aproximação: durante a festa, é sempre bom lembrar de proteger seu cartão e jamais deixá-lo solto em bolsos ou bolsas, pois isso pode facilitar o pagamento por aproximação em locais muito cheios. De preferência, desabilite essa opção de pagamento pelo App ou limite os valores aprovados sem senhas.

Proteção complementar

Seguro Transações
A Cocre disponibiliza aos seus cooperados o Seguro Transações, que protege as movimentações financeiras digitais (Pix, TED e DOC) e operações que envolvam boletos bancários, vouchers e duplicatas. O produto ampara, também, se a pessoa realizar saque ou compras sob coação, além de proporcionar a cobertura Bolsa Protegida (roubo ou furto da bolsa e seus pertences).
Oportuno não apenas para o Carnaval, mas em ocasiões do ano inteiro, atua com três planos de contratação, todos eles a partir de R$ 5 mensais. A contratação pode ser realizada pelo Aplicativo Sicoob e está restrita a pessoas físicas, cooperadas, correntistas, titulares de contas junto ao Sicoob.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *